ThetaHealing® é uma técnica de cura energética e autoconhecimento que combina Ciência e Espiritualidade. Está presente em mais de 40 países e tem mais de um milhão de praticantes pelo mundo.

O Thetahealing está crescendo de forma acelerada e, inclusive, já é usado por médicos em várias partes do mundo, incluindo hospitais nos Estados Unidos e Japão, além de ser aplicado pelo SUS da Bahia e de Pernambuco.

A técnica foi canalizada em 1995 pela americana Vianna Stibal e se baseia na terapia quântica: a cura acontece em um nível celular, por isso é tão profunda, rápida e definitiva.

“Como assim?”, você deve estar se perguntando.

O ThetaHealing promove mudanças no que há de mais poderoso para a mente humana: nossas crenças.

Crenças são os pensamentos nos quais acreditamos como verdadeiros. Apesar do conceito ser simples, nossas crenças representam a estrutura de quem nós somos, uma vez que toda a realidade é codificada e se apresenta, no nosso cérebro, no formato de pensamento.

Todos nós temos um sistema de crenças formado pelas nossas experiências do passado, a partir de tudo que vimos, ouvimos ou testemunhamos, mas também trazemos crenças no nosso código genético e pela interferência dos nossos antepassados, sociedade e episódios traumáticos.

Acontece que o subconsciente é responsável por 95% de toda nossa mente. Apenas 5% estão no nível da mente consciente. É o que sabemos, lembramos e acessamos.

Esse é o diferencial do Thetahealing: nas sessões, ao acessar as ondas cerebrais Theta, é possível identificar crenças e padrões negativos do subconsciente que estão registrados em nosso DNA e/ou lobo frontal do cérebro e, imediatamente, transformá-los em crenças e padrões fortalecedores através de comandos e “downloads”.

Com isso, são liberados limitações e bloqueios nos níveis físico, mental, emocional e espiritual que impedem seu desenvolvimento em qualquer área da vida.

Portanto, se você está em busca de:

  • Cura Física ou Emocional: desde um problema no joelho ou coluna até depressão, ansiedade, doenças autoimune, desequilíbrios hormonais ou qualquer outra enfermidade;
  • Mudança de hábitos: parar de fumar, praticar exercícios de forma regular, ter uma alimentação saudável, dormir mais cedo;
  • Sucesso e Abundância Financeira: melhorar sua relação com o dinheiro, sair das dívidas, ter estabilidade financeira, sentir-se realizado, valorizado e reconhecido profissionalmente;
  • Ter relacionamentos saudáveis: com você mesmo e com os outros, melhorar sua autoestima e autoconfiança, atrair um companheiro(a) compatível com você;

Leia esse texto até o final para entender exatamente o que é, como funciona e para quem é indicado o Thetahealing.

Ao final, você vai poder fazer o download de uma meditação e então sentir pelo menos um pouquinho do poder de cura da técnica, que vai além de qualquer explicação.

Vamos lá?

(Clique no título para ir direto à parte correspondente do texto)

Thetahealing: O que é? (e o que NÃO é!)

  • Onda Cerebral Theta: entendendo a origem do nome
  • As Bases do Thetahealing: Se você é cético, precisa saber disso

Como Funciona? | Os 6 Passos mais comuns de uma Sessão de Thetahealing

  • Quanto tempo dura cada sessão e o tratamento?
  • Thetahealing à Distância: É possível?

Para quem o ThetaHealing® é indicado?

  • Os Atendimentos
  • Os Cursos Oficiais

Concluindo: O que é Thetahealing?

Thetahealing: O que é? (e o que NÃO é!)

Antes de saber exatamente o que é Thetahealing e como funciona, é preciso saber o que NÃO é Thetahealing.

Embora os termos “Criador”, “Fonte Criadora” e “Fonte Divina” sejam muito comuns no contexto desta técnica de cura, não se trata de uma seita ou religião.

É uma abordagem holística de desenvolvimento pessoal, ou seja, que busca um entendimento integral dos fenômenos e, para isso, utiliza as Ondas Cerebrais Theta para promover uma mudança positiva e poderosa.

O ThetaHealing® foi criado em 1995 pela norte-americana Vianna Stibal, até então naturopata, que tinha habilidades intuitivas bastante desenvolvidas e as usava para fazer “leituras intuitivas” em outras pessoas.

Nessa época, Vianna foi diagnosticada com câncer no fêmur. A princípio, a doença não tinha possibilidades de cura e ela teria apenas 3 meses de vida.

A medicina tradicional e alternativa não foram capazes de curá-la, até que Vianna Stibal decidiu usar em si a mesma técnica que usava em suas leituras intuitivas.

A simples técnica de visualização já havia curado doenças de diversos clientes e foi a chave para livrá-la do câncer. A cura aconteceu de forma instantânea. Assista ao vídeo em que ela conta a história.

Hoje, Vianna é uma renomada professora espiritual que ensina sua filosofia e técnica de meditação em todo o mundo.

Com a ajuda de um físico e após realizar um eletroencefalograma, Vianna descobriu que, ao usar a técnica, ela acessava suas ondas cerebrais Theta.

A seguir, entenda o conceito de onda cerebral Theta, que deu origem ao nome da técnica e conheça as bases científicas do Thetahealing.

Onda Cerebral Theta: entendendo a origem do nome

Existem cinco tipos de frequência de ondas cerebrais em que nosso cérebro pode atuar. Elas são medidas em ciclos por segundo (Hz) e cada uma representa um nível específico de atividade cerebral, além de um estado único de consciência.

#1. Beta (14 a 28Hz)

Frequência associada ao estado de alerta, lógica e raciocínio. É uma frequência importante para realizar tarefas do dia a dia, porém, permanecer muito tempo neste estado pode gerar ansiedade, estresse, inquietação e autocobrança. Não é surpresa saber que a maioria dos adultos atua nesta frequência a maior parte do dia.

#2. Alpha (7 a 14Hz)

Frequência associada ao estado de relaxamento profundo. Acessamos a este estado geralmente de olhos fechados (exemplo: ao meditar). As ondas cerebrais Alpha potencializam a imaginação, memória, aprendizagem e concentração, além de aguçarem a nossa intuição.

#3. Theta (4 a 7Hz)

Esse é o estado que acessamos quando estamos indo dormir ou acordando, isto é, quando estamos passando do consciente para o subconsciente e vice-versa. É o estado mental em que você conscientemente pode (re)criar a sua realidade a partir de visualizações muito vívidas, criatividade elevada e profunda conexão com o todo: você está consciente do seu entorno, mas seu corpo está em relaxamento profundo.

#4. Delta (0 a 4Hz)

Acontece quando estamos em sono profundo ou meditação transcendental. As informações recebidas nessa frequência estão indisponíveis no nível consciente.

#5. Gamma (28 a 500Hz)

Esta faixa foi descoberta mais recentemente e algumas investigações iniciais sugerem que as ondas Gamma estão associadas a insights poderosos e alto nível de processamento de informações que podem gerar muito discernimento.

Agora que você já conhece as frequências em que nosso cérebro pode atuar, viu que a onda cerebral Theta é aquela que opera em nosso subconsciente – parte de nossa mente que guarda memórias, sensações e controla atitudes, comportamentos e crenças – de forma consciente.

Thetahealing é a única técnica de cura que ensina como atingir a frequência “Theta” em poucos segundos e, principalmente, como mudar o sistema de crenças a partir dessa frequência. Isso é tão poderoso porque nossa realidade é reflexo daquilo que acreditamos.

E se você ainda acha tudo isso muito utópico, filosófico ou inatingível, convido a ler a parte seguinte e conhecer as bases científicas do Thetahealing.

As Bases do Thetahealing: Se você é cético, precisa saber disso

“Só há duas maneiras de viver a vida: a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse milagre.” (Albert Einstein)

Se você acredita ou quer vivenciar milagres, o Thetahealing é para você.

Mas se você é do tipo que precisa de evidências científicas para acreditar em algo, não se preocupe, o Thetahealing também é para você! 🙂

A técnica funciona com base nos princípios de dois campos da ciência: 1) Física Quântica e 2) Epigenética.

1) Física Quântica:

A Física Quântica é um ramo da ciência que estuda todos os fenômenos que acontecem com as partículas atômicas e subatômicas, ou seja, que são iguais ou menores que os átomos, como os elétrons, os prótons, as moléculas e os fótons.

Porém, ainda que a física quântica esteja focada nos fenômenos microscópicos, estes são refletidos em todos os aspectos macroscópicos, uma vez que todas as coisas no universo são feitas a partir de moléculas, átomos e demais partículas subatômicas, inclusive eu e você.

E já que somos um aglomerado de partículas vibrando em diferentes frequências, ao alterar a frequência da vibração, é possível alterar também a natureza da partícula.

Assim, partículas de “doenças” podem ser transformadas em partículas “saudáveis” e, da mesma forma, pensamentos que causam tristeza, raiva, mágoa, etc, podem ter suas vibrações alteradas e os sentimentos imediatamente dissolvidos.

2) Epigenética

A palavra “epigenética” tem origem do grego, onde “epi” significa “acima”. Portanto, seria algo “acima da genética”.

Fato é que, por muitos anos, os genes eram considerados os únicos responsáveis por passar as características biológicas de uma geração à outra.

Entretanto, esse conceito tem mudado e existem evidências científicas mostrando que hábitos da vida e o ambiente em que uma pessoa está inserida podem modificar o funcionamento de seus genes.

Isso significa que, apesar de nossa genética, somos capazes de nos transformar mudando nosso ambiente e nossa relação com esse ambiente.

O ambiente inclui nosso estilo de vida, as relações e situações as quais nos expomos e, principalmente, as crenças e padrões de comportamento que nutrimos, consciente ou inconscientemente.

É importante falar das nossas crenças, pois mesmo que nosso ambiente inclua um determinado componente – por exemplo, amor – se não acreditarmos que merecemos e podemos aceitar o amor, nossas células não o aceitarão.

E além da Física Quântica e Epigenética, temos também a Psicossomática, ciência que defende que não existe separação entre mente e corpo e integra campos da Medicina e da Psicologia.

E é nesse contexto que o Thetahealing se apresenta como uma técnica de cura tão eficiente: durante as sessões, é possível alterar as vibrações de nossas células receptoras, alterando assim o padrão de fluxo de neuropeptídeos em nossos corpos.

Quando mudamos os padrões do fluxo do nossos neuropeptídeos, mudamos a maneira como nos sentimos.

Quando mudamos a forma como nos sentimos, mudamos a forma como agimos. Quando mudamos a forma como agimos, mudamos nosso ambiente e nossas vidas. 🙂

Como Funciona? | Os 6 Passos mais comuns de uma Sessão de Thetahealing

Para tornar a explicação mais didática, pode-se dizer que uma sessão de Thetahealing geralmente acontece em 6 passos. Veja quais são eles:

1. Relato do problema ao terapeuta

A pessoa explica ao terapeuta (thetahealer) qual é a questão que gostaria de trabalhar, que pode ser:

  • Curar um ou mais problemas de saúde;
  • Sair das dívidas e conquistar abundância financeira;
  • Descobrir o propósito de vida;
  • Atrair e manter sua alma gêmea mais compatível;
  • Conseguir se desvencilhar de uma pessoa do passado;
  • Perder a timidez;
  • Ter hábitos mais saudáveis, como conseguir se exercitar ou se alimentar de forma saudável;
  • Etc.

2. Encontra-se a crença raiz

Após o relato da questão a ser trabalhada, o terapeuta inicia um processo de busca. Para isso, faz uma série de perguntas para identificar as crenças que estão gerando a situação relatada.

A questão que a pessoa apresenta no começo da sessão nunca é o problema real e, através de uma das mais importantes ferramentas do ThetaHealing, chamada Digging, conseguimos entender exatamente porque e quando foi criado o bloqueio e, assim, dissolvê-lo em definitivo.

Muitas das nossas crenças são herdadas pelos nossos ancestrais e antepassados e ficam armazenadas no nosso código genético. Há ainda aquelas que carregamos em nosso sistema por questões sociais, culturais e raciais (que chamamos de crenças históricas), além de traumas ou qualquer informação que nos foi passada e que tomamos como verdade absoluta.

Ao esbarrar nas crenças negativas durante a conversa, o terapeuta fará um teste muscular (teste cinesiológico), com o qual é possível identificar se realmente existe ou não aquela crença no sistema do paciente.

O terapeuta ainda pode usar uma técnica chamada “Digging”, uma ferramenta de escavação de crenças para chegar à sua raiz, a crença causadora de todo o transtorno relatado pelo cliente.

3. Acesso à onda cerebral Theta

Por meio de uma meditação específica do Thetahealing, o thetahealer acessa o estado mais elevado de consciência através da ativação das ondas cerebrais Theta, o que permite alcançar camadas profundas da mente e se conectar com a Fonte Criadora, ou Mente Cósmica (o vazio quântico das infinitas possibilidades, de acordo com a Física Quântica).

A partir dessa conexão, toda orientação da sessão, a indicação de crenças a serem liberadas e todos os downloads, bem como demais recursos que podem vir a ser utilizados, tudo será determinado por essa Fonte Criadora.

O praticante de ThetaHealing é tão somente um CANAL para que essa energia elevada faça a cura.

Por isso que a técnica pode ser usada tanto por um thetahealer, num trabalho terapêutico, quanto pode ser usada em si mesmo, de maneira autoaplicada (com o curso DNA Básico, qualquer um já está apto para usar em si e em outros).

Depois que essa meditação é devidamente aprendida e internalizada, vão-se criando caminhos neuronais no cérebro e, aos poucos, chegar a esse estado de consciência fica mais automático.

4. Remoção da crença negativa que está criando o problema e substituição por uma crença fortalecedora

Como você viu anteriormente, a onda cerebral Theta é a frequência mais propícia para a visualização, programação e uso do poder criativo da sua mente.

Por isso, ao atingirmos essa frequência com a meditação do Thetahealing, removemos a crença raiz detectada anteriormente e a substituímos por uma crença fortalecedora.

Dessa forma, o cliente se torna apto para viver em seu máximo potencial, com a capacidade de manifestar o melhor em sua vida.

Você se lembra que o subconsciente é responsável por 95% de toda nossa mente e apenas 5% estão no nível da mente consciente?

Pois é… A maioria das técnicas de cura trabalha no nível da consciência. É praticamente uma guerra perdida contra as crenças e pensamentos armazenados na sua mente inconsciente.

No caso do Thetahealing, a cura acontece de maneira tão rápida e profunda justamente porque a crença é trazida do subconsciente para o consciente, em um estado totalmente favorável para a sua transformação.

5. Instalação de sentimentos e novos programas

Às vezes, além da instalação de novas crenças, é necessário instalar sentimentos e programas. Vou dar um exemplo para que esse conceito fique mais claro.

Vamos supor que a crença trabalhada durante a sessão tenha sido “Eu não sou reconhecido pelo que eu faço”. Por mais que seja instalada uma crença fortalecedora que anula a anterior, é a instalação de sentimentos que ajuda na aceitação integral do novo padrão.

“Como assim, Renally?”

Entenda: alguém que nunca se sentiu reconhecido simplesmente não sabe qual é a sensação de receber reconhecimento.

Ou seja, a instalação de sentimentos permite ao cliente experienciar instantaneamente como é se sentir reconhecido a nível celular.

Dessa forma, é mais fácil para o cliente aceitar a nova crença no nível inconsciente. 🙂

6. Testemunho da Cura

Após a substituição da(s) crença(s) limitante(s) por crenças fortalecedoras e instalação de sentimentos e programas (quando necessário), nós vamos testemunhar a mudança acontecendo dentro do espaço energético da pessoa.

Portanto, o papel do praticante da técnica é fazer os “Comandos” do Thetahealing, e em seguida, testemunhar as mudanças realizadas.

Esse é justamente um dos princípios da Física Quântica, no qual é necessário um observador para que a matéria seja alterada.

O testemunho é a manifestação de que aquilo aconteceu: e será apresentado no formato de uma imagem mental. Nesse momento a parte do cérebro responsável pela imaginação passa a ser utilizada pela mente subconsciente para efetivar a cura.

IMPORTANTE!

Embora eu tenha feito esse passo a passo de como funciona uma sessão básica de Thetahealing, vale dizer que NÃO existe um modelo fixo e imutável para as sessões.

Pelo contrário! O paciente pode ter uma questão que será resolvida com limpeza de fragmento de almas, divórcio energético ou ainda com outros exercícios, como:

  • Conversa com o anjo da guarda;
  • Conversa com um ancestral;
  • Exercício do perdão;
  • Limpeza de espíritos errantes;
  • Remoção de ganchos psíquicos;
  • Etc.

Cada caso é um caso. Ainda que a questão trazida ao terapeuta seja muito parecida, pessoas diferentes podem demandar ferramentas diferentes, já que a crença pode ter uma raiz distinta.

Ou seja, embora exista um sessão base, o trabalho costuma variar bastante. E que bom! Isso mostra que existe bastante respeito à individualidade dos clientes, tanto por parte do terapeuta, como por parte da técnica em si.

Quanto tempo dura cada sessão e o tratamento?

As sessões podem ser feitas em 40 minutos a 1 hora. Em todas, é quase obrigatório o Digging para identificar a crença-raiz, a mais profunda, que está por trás do problema e causando toda a situação.

Caso contrário, o problema não será solucionado.

Uma vez que a crença-raiz é liberada, todas as demais, que estão atreladas a ela, também são liberadas. É como um castelo de cartas: se você destroi a base, todas as demais cartas vêm a baixo.

Só para ficar mais claro, vamos imaginar a seguinte situação hipotética: uma pessoa que venha para a sessão com o problema de compulsão alimentar, ao fazer o Digging podemos encontrar, numa primeira camada, a crença “eu tenho medo de críticas e julgamentos”, aprofundando um pouco mais, pode haver problemas de autoaceitação e, mais profundamente, pode se tratar de alguém que foi muito criticada na infância e só recebia carinho e reconhecimento quando tirava nota 10 na escola. Encontramos onde a crença foi originada.

Vamos supor que, em seu sistema tenhamos encontrado a crença-raiz “só vou ser amada se for perfeita”. Bingo!

É exatamente isso que está sustentando toda a estrutura de pensamentos sabotadores e comportamentos negativos.

Uma vez que a gente libere essa última, todas as demais crenças também são automaticamente liberadas e o problema é definitivamente resolvido.

Pode haver situações que tenham mais de uma crença-raiz, mas todas as raízes que forem retiradas e substituídas vão causar um impacto muito importante na vida da pessoa. Na verdade, é uma nova vida, muito mais leve e feliz.

Em relação à duração do tratamento, isso varia muito. Muitas pessoas obtêm o resultado esperado com apenas 1 sessão.

No entanto, por ser algo que proporciona um verdadeiro salto quântico em nossas vidas, é comum que queiramos nos libertar, cada vez mais, de nossos padrões bloqueadores e limitações.

Nesse caso, pode-se fazer sessões quantas vezes sentir necessidade e usar tanto como ferramenta de cura, como para autoconhecimento.

Particularmente, faço uma vez por semana e, se pudesse, faria mais! rs

Thetahealing à Distância: É possível?

Embora todas as formações oficiais de Thetahealing devam ser feitas presencialmente, o atendimento de Thetahealing pode ser feito à distância por meio de videoconferência.

Para isso, são utilizados programas online como Skype, Zoom e similares. Todos eles funcionam no computador, tablet e celular.

Para saber como funcionam meus atendimentos online, valores e agendar uma sessão comigo, clique aqui.

Para quem o ThetaHealing® é indicado?

A abordagem espiritual do ThetaHealing não tem nenhuma afiliação com quaisquer doutrinas religiosas, portanto, toda pessoa que tenha interesse em evoluir espiritualmente pode ser um praticante ou terapeuta de Thetahealing, independentemente de religião, crenças, formação profissional, etc. ThetaHealing é um direito seu!

E para que não restem dúvidas, logo abaixo vou falar um pouco mais sobre as possibilidades de contato com a técnica.

Os Atendimentos

Os atendimentos, que podem ser presenciais ou online, não exigem nenhum pré-requisito.

As únicas recomendações são que a pessoa sinta afinidade com a técnica, esteja aberta para falar sobre seus sentimentos e, de preferência, acredite em uma inteligência superior (Deus, Criador, Universo, Energia e etc.).

É importante também que a pessoa esteja bem hidratada, a fim de não gerar nenhuma interferência no resultado do teste muscular.

Portanto, se você busca mudar sua realidade e curar ressentimentos, medos, vícios, compulsões, traumas, bloqueios, relacionamentos, finanças, obesidade, dores, doenças ou qualquer questão de ordem física, emocional e/ou mental, o Thetahealing é para você.

Lembrando que se trata de uma das técnicas de cura mais rápidas disponíveis atualmente e é possível alcançar muito resultado em um curto período de tempo, dependendo do que o cliente está buscando.

Os Cursos Oficiais

Você não precisa ser terapeuta para querer se aprofundar no ThetaHealing. Qualquer pessoa, de qualquer área, em qualquer estágio da vida está apta para realizar os cursos, que sempre acontecem presencialmente.

Ao fazer apenas o curso inicial (DNA Básico), você já está apto para aplicar o Thetahealing em você mesmo e em outras pessoas, inclusive de forma terapêutica.

Não é obrigatório fazer os demais cursos, mas é natural que os participantes tenham interesse em se aprofundar na técnica e, com isso, façam o DNA Avançado, Aprofundando no Digging e demais formações.

Observação: a única restrição para os cursos são os 3 primeiros meses de gravidez. Não existe evidência de que fazer o curso neste período seja prejudicial à mãe ou ao bebê, mas por ser uma período considerado de risco, é preferível aguardar até que chegue o quarto mês.

Para saber mais sobre os cursos de Thetahealing, ver minha agenda de cursos ou contratar uma das formações, clique aqui.

Concluindo: O que é Thetahealing?

Neste artigo, você viu que Thetahealing é uma poderosa técnica de cura energética que combina Ciência e Espiritualidade.

Foi desenvolvida em 1995 pela americana Vianna Stibal e tem como base a Física Quântica e a Epigenética, além de integrar conceitos da Psicossomática.

O grande diferencial do Thetahealing está no acesso à frequência de ondas Theta, estado altamente favorável para identificar e transformar crenças limitantes em crenças fortalecedoras, já que acessamos nosso subconsciente de maneira consciente.

Isto é tão poderoso porque 95% da nossa mente estão justamente em nosso subconsciente.

E para que você possa experimentar um pouco da técnica, acessando agora mesmo a onda Theta, clique no botão abaixo para fazer o download da Meditação Thetahealing® que eu preparei para você. É grátis. 🙂

 

 

E aí? Gostou desse artigo? Ainda tem alguma dúvida?

O espaço abaixo é todo seu! Deixe seu comentário, eu vou adorar!

Vamos espalhar a cura!

Gratidão,

Renally Leal.