Sinais do Universo: Como identificar?

Saiba identificar os sinais do Universo

Na correria do dia a dia, é muito comum fazermos as tarefas no “piloto automático” e nos esquecermos de prestar atenção nos acontecimentos únicos à nossa volta, e principalmente nos sinais que recebemos do Universo.

Os sinais do Universo são uma forma de comunicação direta conosco, e podem indicar que estamos no “caminho certo”; rumo à prosperidade e plenitude ou então nos desviando de nossas necessidades mais profundas.

Mas, você deve estar se perguntando: “Como saber com precisão o que é um sinal do Universo?”.

Tudo acontece por um propósito: O Princípio da Sincronicidade

Em primeiro lugar, é importante compreendermos que tudo em nossa vida (tudo mesmo!) acontece por uma razão: não existem coincidências, mas sim sincronicidades.

E o que é sincronicidade? É um estado de alinhamento no Universo, em que as coisas, situações, pessoas, mostram-se em harmonia.

Quando analisada de forma consciente, através de um despertar espiritual, podemos interpretar a sincronicidade como um verdadeiro sinal.

É uma mensagem “customizada” direcionada a nós que pode ser expressa de diversas formas: os números repetidos no relógio, por exemplo, são um caso clássico.

Se em algum momento do seu dia você checa o relógio e se depara com 11:11, 22:22, 15:15 (horas iguais em geral) atente-se para o que você está fazendo nesse exato momento.

A sincronicidade desses números tende a ser uma mensagem do universo, sinalizando que você caminha em uma boa direção e que esse momento tende a ser significativo.

O caso da onda verde

Sinais do Universo: Como identificar?

A sincronicidade pode estar em tudo.

Em centros urbanos movimentados, com muitos carros e trânsito pesado, pode ser difícil circular de um ponto a outro da cidade sem enfrentar engarrafamentos e retenções.

Porém, é bem possível que você já tenha vivenciado a seguinte situação:

Você está em seu carro passando por uma rota comum no seu dia a dia (e que normalmente apresenta um trânsito lento) mas… do nada, tudo parece fluir.

Inexplicavelmente todos os sinais estão verdes, há poucos carros na rua, e seu caminho está livre.

Coincidência? Não, sincronicidade 😉

Através da fluidez do trânsito, da sincronia entre todos os elementos para tornar a sua passagem agradável, o Universo te manda um sinal, de que a sua vida também está fluindo bem, de que você está no caminho certo.

Mas atenção, o oposto também é verdadeiro: trânsito pesado, lento, pode significar que há algo em você que não flui.

Entenda que o trânsito é apenas um dos sinais que você pode observar. Nunca ignore o contexto, em especial se você mora em cidades com muito engarrafamento. 😅

A “Transmissão de Pensamento”

Quando saímos do piloto automático, do estado de adormecimento e passamos a dar atenção aos sinais, o Universo nos estimula a seguir em frente.

Outra situação comum que é relatada pelas pessoas é o fato de estarem pensando em alguém e de repente receberem uma ligação dessa pessoa (Isso já aconteceu com você? Conta pra mim nos comentários).

Ou então pensarem em alguém que não veem há muito tempo, como um amigo da época do colégio, e se esbarrarem na semana seguinte no supermercado.

Muitas vezes falamos “Nossa, que transmissão de pensamento, eu já ia te ligar”, ou “Nossa, pensei em você semana passada”.

Mais uma vez, o Universo atua para se comunicar conosco, traduzir a sua linguagem em sinais que podemos compreender em um estado de atenção plena ou deixar passar, em um estado de “piloto automático”.

O conhecimento replicado (e multiplicado!)

Ao identificar algo que pode ser um sinal em potencial, preste atenção, esteja atento.

Muitas vezes deixamos passar sinais que poderiam mudar significativamente a nossa vida.

Isso porque o Universo tende a multiplicar os eventos positivos, quando entramos nesse fluxo.

Pense em algo recente que demandou a sua atenção plena, que causou uma mudança positiva na sua vida.

Pode ser simples como a leitura de um bom livro. É muito provável que esse livro tenha trazido novos conhecimentos, até mesmo uma simples palavra que era desconhecida, chamou a sua atenção e agora você sabe o que significa.

Se você passar a ver essa palavra em vários lugares, em uma propaganda no metrô que você nunca tinha reparado, pode ser sim um sinal do Universo.

E esse conhecimento adquirido inicialmente tem o potencial de se multiplicar. Você pode ser “presenteado” pelo Universo com mais livros sobre o tema, filmes, conversas, e diversos assuntos relacionados.

Se for algo que te conduza para uma vida mais feliz e plena, isso certamente estará sendo comunicado pelo Universo.

Sinais positivos do Universo para lembrar de prestar atenção

Sinais do Universo: Como identificar?

Os sinais se multiplicam quando entramos em fluxo.

  • Trânsito: todos os sinais ficam verdes, principalmente em caminhos críticos;
  • Dia a dia: quando você não pega mais fila na padaria e no supermercado;
  • Sincronicidade: placas de carro com números iguais;
  • Sincronicidade: horas com números iguais;
  • Sincronicidade: ligações recebidas com números iguais;
  • Lembrar de uma pessoa com quem faz tempo que você não conversa, e alguém fala o nome dessa pessoa;
  • Filmes: às vezes lembramos de um filme ou ator e quando ligamos a TV está passando o filme ou aparecendo o ator em questão.
  • Elogios: quando recebemos elogios podemos estar em um estado de fluxo com o Universo;
  • Sinais do subconsciente: os sonhos são a manifestação do inconsciente e podem nos transmitir sinais do Universo.

Lembre-se que cada situação em nossa vida é um aprendizado, sentimentos de arrependimento e culpa são sabotadores.

Viva com plenitude, presença e lembre-se de prestar atenção nos sinais do Universo. 😉

Se quiser trazer mais consciência para a sua vida, experimente a nossa meditação especial do Thetahealing é gratuita e poderá te ajudar.

E aí? Você já recebeu algum sinal do Universo?

Conte um pouco sobre o que você fez a respeito nos comentários, eu vou adorar ler! ☺

E se você acha que esse conteúdo pode ajudar outras pessoas, compartilhe com seus amigos.

Vamos espalhar a cura!

Gratidão,

Renally Leal