Sinais do Universo: Como identificar?

Saiba identificar os sinais do Universo

Na correria do dia a dia, é muito comum fazermos as tarefas no “piloto automático” e nos esquecermos de prestar atenção nos acontecimentos únicos à nossa volta, e principalmente nos sinais que recebemos do Universo.

Os sinais do Universo são uma forma de comunicação direta conosco, e podem indicar que estamos no “caminho certo”; rumo à prosperidade e plenitude ou então nos desviando de nossas necessidades mais profundas.

Mas, você deve estar se perguntando: “Como saber com precisão o que é um sinal do Universo?”.

Tudo acontece por um propósito: O Princípio da Sincronicidade

Em primeiro lugar, é importante compreendermos que tudo em nossa vida (tudo mesmo!) acontece por uma razão: não existem coincidências, mas sim sincronicidades.

E o que é sincronicidade? É um estado de alinhamento no Universo, em que as coisas, situações, pessoas, mostram-se em harmonia.

Quando analisada de forma consciente, através de um despertar espiritual, podemos interpretar a sincronicidade como um verdadeiro sinal.

É uma mensagem “customizada” direcionada a nós que pode ser expressa de diversas formas: os números repetidos no relógio, por exemplo, são um caso clássico.

Se em algum momento do seu dia você checa o relógio e se depara com 11:11, 22:22, 15:15 (horas iguais em geral) atente-se para o que você está fazendo nesse exato momento.

A sincronicidade desses números tende a ser uma mensagem do universo, sinalizando que você caminha em uma boa direção e que esse momento tende a ser significativo.

O caso da onda verde

Sinais do Universo: Como identificar?

A sincronicidade pode estar em tudo.

Em centros urbanos movimentados, com muitos carros e trânsito pesado, pode ser difícil circular de um ponto a outro da cidade sem enfrentar engarrafamentos e retenções.

Porém, é bem possível que você já tenha vivenciado a seguinte situação:

Você está em seu carro passando por uma rota comum no seu dia a dia (e que normalmente apresenta um trânsito lento) mas… do nada, tudo parece fluir.

Inexplicavelmente todos os sinais estão verdes, há poucos carros na rua, e seu caminho está livre.

Coincidência? Não, sincronicidade 😉

Através da fluidez do trânsito, da sincronia entre todos os elementos para tornar a sua passagem agradável, o Universo te manda um sinal, de que a sua vida também está fluindo bem, de que você está no caminho certo.

Mas atenção, o oposto também é verdadeiro: trânsito pesado, lento, pode significar que há algo em você que não flui.

Entenda que o trânsito é apenas um dos sinais que você pode observar. Nunca ignore o contexto, em especial se você mora em cidades com muito engarrafamento. 😅

A “Transmissão de Pensamento”

Quando saímos do piloto automático, do estado de adormecimento e passamos a dar atenção aos sinais, o Universo nos estimula a seguir em frente.

Outra situação comum que é relatada pelas pessoas é o fato de estarem pensando em alguém e de repente receberem uma ligação dessa pessoa (Isso já aconteceu com você? Conta pra mim nos comentários).

Ou então pensarem em alguém que não veem há muito tempo, como um amigo da época do colégio, e se esbarrarem na semana seguinte no supermercado.

Muitas vezes falamos “Nossa, que transmissão de pensamento, eu já ia te ligar”, ou “Nossa, pensei em você semana passada”.

Mais uma vez, o Universo atua para se comunicar conosco, traduzir a sua linguagem em sinais que podemos compreender em um estado de atenção plena ou deixar passar, em um estado de “piloto automático”.

O conhecimento replicado (e multiplicado!)

Ao identificar algo que pode ser um sinal em potencial, preste atenção, esteja atento.

Muitas vezes deixamos passar sinais que poderiam mudar significativamente a nossa vida.

Isso porque o Universo tende a multiplicar os eventos positivos, quando entramos nesse fluxo.

Pense em algo recente que demandou a sua atenção plena, que causou uma mudança positiva na sua vida.

Pode ser simples como a leitura de um bom livro. É muito provável que esse livro tenha trazido novos conhecimentos, até mesmo uma simples palavra que era desconhecida, chamou a sua atenção e agora você sabe o que significa.

Se você passar a ver essa palavra em vários lugares, em uma propaganda no metrô que você nunca tinha reparado, pode ser sim um sinal do Universo.

E esse conhecimento adquirido inicialmente tem o potencial de se multiplicar. Você pode ser “presenteado” pelo Universo com mais livros sobre o tema, filmes, conversas, e diversos assuntos relacionados.

Se for algo que te conduza para uma vida mais feliz e plena, isso certamente estará sendo comunicado pelo Universo.

Sinais positivos do Universo para lembrar de prestar atenção

Sinais do Universo: Como identificar?

Os sinais se multiplicam quando entramos em fluxo.

  • Trânsito: todos os sinais ficam verdes, principalmente em caminhos críticos;
  • Dia a dia: quando você não pega mais fila na padaria e no supermercado;
  • Sincronicidade: placas de carro com números iguais;
  • Sincronicidade: horas com números iguais;
  • Sincronicidade: ligações recebidas com números iguais;
  • Lembrar de uma pessoa com quem faz tempo que você não conversa, e alguém fala o nome dessa pessoa;
  • Filmes: às vezes lembramos de um filme ou ator e quando ligamos a TV está passando o filme ou aparecendo o ator em questão.
  • Elogios: quando recebemos elogios podemos estar em um estado de fluxo com o Universo;
  • Sinais do subconsciente: os sonhos são a manifestação do inconsciente e podem nos transmitir sinais do Universo.

Lembre-se que cada situação em nossa vida é um aprendizado, sentimentos de arrependimento e culpa são sabotadores.

Viva com plenitude, presença e lembre-se de prestar atenção nos sinais do Universo. 😉

Se quiser trazer mais consciência para a sua vida, experimente a nossa meditação especial do Thetahealing é gratuita e poderá te ajudar.

E aí? Você já recebeu algum sinal do Universo?

Conte um pouco sobre o que você fez a respeito nos comentários, eu vou adorar ler! ☺

E se você acha que esse conteúdo pode ajudar outras pessoas, compartilhe com seus amigos.

Vamos espalhar a cura!

Gratidão,

Renally Leal

Mau olhado, quebranto, olho gordo… quem já ouviu alguma dessas palavras provavelmente compreende que não querem dizer algo positivo.

Se você leu outros textos do nosso blog, deve se lembrar o quanto falamos sobre energia e como somos formados e orientados por ela.

Tudo é energia!

Tudo o que conhecemos atualmente como matéria é estruturado por átomos e é em sua essência energia, do menor grão de areia da praia ao cérebro humano mais brilhante.

Inclusive, no texto sobre os sete chakras explicamos como o fluxo energético pode estar em desequilíbrio e os transtornos que isso tende a gerar na nossa vida. (Não se preocupe, também damos dicas de como harmonizar cada caso).

Ou seja, se tudo é energia e interagimos com o meio de forma constante, podemos entender que trocas energéticas acontecem o tempo todo.

Justamente por esse motivo, às vezes podemos nos sentir desanimados, fracos, exauridos ou sem motivação, por exemplo.

Imagine que você acordou de manhã e olhou para o céu azul lá fora, respirou uma brisa fresca que entrou pela janela, tomou um café da manhã nutritivo na presença de alguém que você ama.

Parece ótimo, não é mesmo? Como você se sente nesse cenário? 🙂

Agora continuando com o exercício, você acaba de sair de casa para o trabalho, ao entrar no elevador se depara com um casal discutindo por conta de uma conta de telefone.

No trânsito, conduzindo o seu carro, você repara que o carro da frente quase bateu no veículo à esquerda e que agora os motoristas estão gritando um com o outro.

Quando chega no trabalho, como você se sente? Ainda que estes eventos aparentemente não tenham nada a ver com você, a sua energia é a mesma do café da manhã?

Arrisco dizer que não, pois pessoas e ambientes tóxicos infelizmente têm o potencial de drenar a nossa energia (até mesmo em níveis inconscientes).

Porém, há um detalhe muito importante! Só trocamos energia com as pessoas em um único cenário, que é: quando começamos a julgar.

mau olhado 2

Quando julgamos abrimos brechas em nosso campo energético.

O campo energético que temos em torno de nós fica completamente “selado” quando focamos apenas em nossa energia. Se mudarmos esse foco para outras pessoas, brechas são abertas e ficamos mais suscetíveis a trocas energéticas.

Avançando um pouco nessa temática, será que você sabe como se proteger energeticamente?

Existe uma técnica utilizada no Thetahealing que pode ser muito útil para nos imunizar, ou seja, preservar a nossa energia para termos mais qualidade de vida e prosperidade.

Nos momentos em que estivermos trocando nossos pensamentos, ou então recebendo pensamentos de forma inconsciente podemos aplicar essa técnica simples para nos ajudar.

Tudo o que você precisa fazer é “Se zipar”.

Como se zipar para a proteção energética?

De acordo com o Thetahealing, “se zipar” seria passar um zíper imaginário pela frente do seu corpo, da base da coluna até o topo da cabeça, passando pelos sete chakras.

O objetivo do movimento (que é feito com as mãos, reproduzindo o fechar de um zíper) é retomar o controle energético. Ou seja, trazer a energia que estava em fluxo de troca de volta para nós.

Por padrão, o nosso campo energético não fica aberto, mas sempre que julgamos ou temos pensamentos negativos a respeito de outras pessoas abrimos brechas.

O movimento de “se zipar” é um aliado importante no sentido de quebrar esses padrões que são naturais do comportamento humano, mas que podem ser prejudiciais para o nosso bem-estar e desenvolvimento pessoal.

É importante lembrar sempre que o que disponibilizamos para as pessoas tende a retornar para nós, e isso fica bastante claro quando falamos em trocas energéticas.

mau olhado 3

Exerça a troca de sentimentos positivos

Se pensamos algo de negativo para outra pessoa imediatamente deixamos nosso próprio campo vulnerável e podemos sentir emoções similares.

Portanto, sempre que você sentir que alguém enviou pensamentos negativos para você, ou então quando for entrar em locais carregados energeticamente (como hospitais, por exemplo), faça um teste e utilize a técnica de se zipar do Thetahealing.

Você pode fazer o movimento várias vezes ao longo do dia. Com certeza, se sentirá melhor imediatamente 🙂

Ah, e se você quiser saber mais sobre o Thetahealing e como essa técnica de cura pode te ajudar conheça nossos cursos clicando aqui.

E aí, gostou desse conteúdo?

Você já sentiu que a sua energia estava indo embora e agora sabe por quê?

Conte um pouco nos comentários com a #tchaumauolhado, eu vou adorar conversar com você!

E se achar que esse conteúdo pode ajudar outras pessoas, compartilhe com seus amigos.

Vamos espalhar a cura!

Gratidão,

Renally Leal

O significado de chakra é bem amplo; de acordo com a cultura hindu e yogue são centros que absorvem e exteriorizam energia.

Pode parecer abstrato, mas imagine que eles são como grandes rodas de luz que circulam a energia dentro do nosso corpo.

Ao todo contamos sete chakras principais e cada um representa um elemento como água, fogo, ar, terra e raio. ⠀

O equilíbrio dos chakras pode manifestar qualidades diversas em nosso ser, como criatividade, vivacidade, confiança, humildade, amor e compaixão (entre muitas outras, claro).

Para acompanhar a leitura, convido você a colocar uma música relaxante ou meditativa, como essa disponível em nosso canal do Youtube.

Procure uma posição confortável e prepare-se para compreender cada um dos chakras e saber o que fazer para mantê-los em equilíbrio e harmonia.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal

Ao todo são sete chakras principais.

1. Chakra Básico (Muladhara): Sobrevivência

O chakra básico, como o próprio nome indica, é a energia vital que está na base da coluna e oferece suporte fortalecendo nossos instintos e nossa conexão de enraizamento com a terra.

O medo é um sentimento forte e que pode bloquear o chakra básico. Por outro lado, sentimentos de amparo fortalecem essa energia.

O excesso causa:

  • Sentimentos de ganância;
  • Teimosia;
  • Peso (tanto físicos quanto emocionais).

A falta causa:

  • Instabilidade;
  • Desconexão das necessidades físicas.

Como equilibrar o chakra básico?

A meditação é uma ferramenta poderosa para trazer o senso de ancoragem e o ponto ideal entre o entusiasmo e a inércia.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 2

A meditação traz o senso de ancoragem que falta para o equilíbrio.

2. Chakra Sacro (Swadisthana): energia sexual, autoestima e criatividade

O segundo chakra está muito ligado com o prazer e com a criatividade. É uma energia capaz de nos conectar com as coisas belas que se apresentam ao redor de nós.

Representado muitas vezes por uma cor laranja vibrante, o conhecimento obtido através desse chakra pode ser uma percepção direta e aguçada da realidade.

O excesso causa:

  • Hiper-sexualidade;
  • Poucas forças para agir diante de tentações;
  • Autodesvalorização;
  • Sentimento de que a vida pode estar sem graça de viver.

A falta causa:

  • Incapacidade de sentir prazer.

Como equilibrar o chakra sacro?

Manter uma vida sexual saudável, respeitar o próprio corpo e seus limites são caminhos para encontrar o equilíbrio.

Caso ocorram pensamentos acelerados e em excesso, tente desenvolver hobbies, como dança, pintura, escrita e fotografia, por exemplo.

Tais atividades nos trazem presença e nos ajudam a apreciar e celebrar as pequenas conquistas da vida.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 3

O chakra sacro rege a energia sexual, autoestima e criatividade.

3. Chakra Plexo Solar (Nabhi): ego e digestão

Do amarelo do sol surge o terceiro chakra para nos trazer sustentação, contentamento e paz.

A energia vibrante desse chakra se manifesta como uma potente força de vontade.

Porém, caso esteja em desequilíbrio é comum que se vivencie excessos na alimentação (seja por comer muito ou privar o organismo).

O excesso causa:

  • Sentimentos de cabeça quente;
  • Arrogância.

A falta causa:

  • Muita timidez, vergonha.

Como equilibrar o chakra plexo solar?

A prática da Yoga, principalmente com poses de guerreiro e concentração na digestão saudável ajudam a equilibrar o chakra.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 4

Energia solar que se manifesta em força de vontade.

4. Chakra Cardíaco (Anahata): o amor e o perdão

A libertação do ego nos aproxima do nosso verdadeiro “eu” e da nossa natureza, que se manifesta de forma completa através da energia do coração.

O quarto chakra nos direciona para comportamentos responsáveis e puros em relação ao outro.

Se em desequilíbrio, pode gerar muitas dúvidas, medo e incertezas.

O excesso causa:

  • Muita preocupação com os outros;
  • Vulnerabilidade;
  • Dependência emocional.

A falta causa:

  • Escassez de emoção ou compaixão.

Como equilibrar o chakra cardíaco?

Livrar-se de mágoas para fazer a energia bloqueada fluir é essencial, acredite. Uma maneira de fazer isso é através da prática do perdão.

Se quiser saber mais a respeito desse assunto, leia sobre as 3 Emoções Bloqueadoras da Prosperidade.

Além disso, através da prática de posturas de yoga de abertura do coração você poderá equilibrar o seu chakra cardíaco.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 5

Pratique o perdão e a gratidão para fazer boas energias fluírem.

5. Chakra Laríngeo (Vishuddhi): comunicação, autoexpressão, verdade

O quinto chakra tem o poder de remover nossas culpas e remorsos. É o chakra da boa comunicação e da expressão do verdadeiro “eu”.

Essa energia se manifesta de forma mais ativa na região do pescoço/garganta e é representada por uma cor azul celeste, relacionada com a pureza.

É um chakra que se fortalece na medida em que se aproxima da verdade e fica bloqueado com mentiras.

O excesso causa:

  • Fala compulsiva;
  • Incapacidade de ficar em silêncio.

A falta causa:

  • Incapacidade de comunicar ou expressar-se eficazmente.

Como equilibrar o chakra laríngeo?

Para harmonizar este centro, pratique a escuta ativa e utilize afirmações para estabelecer e definir o que você quer dizer ao se expressar.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 6

Reserve alguns minutos para ouvir o que seu corpo e seus pensamentos estão te dizendo.

6. Chakra Frontal (Agnya): o terceiro olho

Pelo olhar da psicologia, o ego pode ser entendido como o núcleo da personalidade de um indivíduo em termos mais conscientes.

Ele é importante pois fornece nossas percepções, julgamentos e interpretações da realidade.

Porém, uma vida pautada somente pelo ego pode nos distanciar do autoconhecimento profundo, que pode ser acessado em níveis mais densos, como o inconsciente.

Eis que surge Agnya e a plena consciência. Se bem equilibrado, o sexto chakra é capaz de dissolver o ego, potencializar a intuição e conduzir o fluxo energético até o último chakra.

O excesso causa:

  • Percepções distorcidas;
  • Dificuldade de raciocínio;
  • Visão limitada;

A falta causa:

  • Incapacidade de ver as coisas de uma nova maneira.

Como equilibrar o chakra frontal?

O chakra do terceiro olho (ou frontal) pode ser equilibrado com práticas de meditação e respiração. Se possível, ao ar livre enquanto você contempla o céu.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 7

Durante a meditação, experimente expressar o perdão através de afirmações.

7. Chakra Coronário (Sahastrada): conexão espiritual

O ápice da evolução da nossa consciência é o sétimo e último chakra.

O chakra coronário representa a percepção absoluta e todo o fluxo energético dos chakras anteriores caminha para essa elevação.

Trata-se da união das vibrações individuais com a consciência universal em um estado de plenitude. É o nosso chakra de conexão com o Criador de Tudo o Que É.

O excesso causa:

  • Sentimento de desconexão do mundo material;
  • Isolamento.

A falta causa:

  • Dificuldade com a fé ou espiritualidade.

Como equilibrar o chakra coronário?

As posturas invertidas na yoga direcionam a atenção energética para o topo da cabeça, contribuindo para o equilíbrio desse chakra.

O silêncio também é um bom aliado para se alcançar a harmonia desejada. Em junção com as demais práticas meditativas, você poderá experimentar os benefícios dessa energia tão positiva.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 8

O equilíbrio está no presente.

Se ao longo do texto você observou que possui crenças limitantes, emoções e padrões bloqueadores que podem dificultar o seu processo de equilíbrio, não se preocupe.

O importante é que você está aqui e já iniciou o seu processo em busca da plenitude e do autoconhecimento, para uma vida mais feliz e com propósito.

Conte comigo para andar com você nessa jornada que pode ser um tanto difícil, mas sem dúvidas incrível 🙂

Ah! Vale dizer que um dos ensinamentos do DNA Básico, o curso inicial do Thetahealing, é justamente a expansão da consciência e dos centros de energia (chakras ☺️). Você aprende, entre outras muitas coisas, a desenvolver a empatia, clarividência, clariaudiência e o sentido profético.

Veja todos os detalhes desse curso clicando aqui e entenda por que ele recebe o nome de “Despertar do Mestre Interior”.

E afinal, você sabia que a energia que flui pelo nosso corpo tinha tanto poder assim?

Conseguiu identificar quais chakras precisam ser equilibrados para que sua vida seja mais plena e feliz?

Conta pra mim nos comentários, eu vou adorar saber como o texto impactou a sua vida!

E se você acha que esse conteúdo pode ajudar outras pessoas, compartilhe com seus amigos.

Vamos espalhar a cura!

Gratidão,

Renally Leal

A Cocriação é um fato. A todo momento, são as nossas palavras, pensamentos, sentimentos e ações que produzem a nossa realidade.

Em um primeiro momento, pode ser perturbador saber disso, afinal, a maioria de nós está insatisfeito com pelo menos uma área da vida.

E aí você se pergunta “Como é que eu ia me colocar nessa situação tão difícil?”, seja financeira, afetiva, física ou emocionalmente.

Mas se você parar pra refletir, a cocriação é uma dádiva: se nós somos os responsáveis por manifestar a nossa realidade, então podemos escolher ter uma vida incrível e cheia de benções.

E como fazer isso? Por que até agora você não conseguiu um relacionamento saudável, independência financeira, uma saúde perfeita, o corpo que sempre quis ou a viagem dos seus sonhos? 🤔

Sim, todos nós temos uma lista de desejos, mas nem sempre conseguimos realizá-los. Alguns, inclusive, parecem um sonho distante.

Mas, a seguir, você vai ver descobrir quais são os erros que te impedem de cocriar a realidade linda que você tanto deseja e merece. E, claro, também vai ver como começar a manifestar seus desejos, independentemente do tamanho deles.

Vamos lá?

Erro #1 na Cocriação da Realidade: Comportamentos Incoerentes

“Orai e Vigiai”… Essa é uma frase famosa da Bíblia, mas muito pertinente até para ateus.

Na prática, significa que além de desejar algo, você deve estar atento aos seus pensamentos e comportamentos.

Será que eles estão coerentes com aquilo que você deseja manifestar na sua vida?

Vamos supor que você queira atrair prosperidade e abundância, mas, ao mesmo tempo, tem o padrão de reclamar muito.

Toda vez que você reclama está se conectando àquilo que gerou a reclamação. A própria palavra “reclamar” significa “clamar duas vezes”.

E assim você acaba atraindo mais escassez, injustiça, sofrimento, raiva, além de todos os outros sentimentos relacionados a sua reclamação.

Ou seja, embora você deseje ter prosperidade, está se conectando ao oposto disso. Como a prosperidade poderá se manifestar na sua vida?

E olha, não estou falando de reclamar de uma coisinha ou outra de vez em quando. Nós somos humanos e, mesmo tendo acesso a esse conhecimento, estamos suscetíveis a lamentar ou reclamar às vezes.

Eu me refiro a pessoas que são viciadas em reclamar, pois infelizmente podemos viciar nossa mente em conflito, tristeza, reclamação e, apenas tomando consciência desses padrões, podemos nos direcionar para a cura.

Uma dica? Trabalhe seu olhar para enxergar os aprendizados que cada situação, especialmente as mais desafiadoras. Pode ser que as primeiras tentativas não sejam fáceis, mas, com a prática, agradecer se torna seu novo padrão.

E a gratidão é uma das frequências mais elevadas que você pode vibrar, gerando cada vez mais motivos para agradecer.

Erro #2 na Cocriação da Realidade: Subestimar o poder das palavras na Cocriação

Uma outra maneira bastante comum de boicotar as nossas manifestações é através das nossas palavras.

Toda vez que você diz, por exemplo, “Desculpa por ter chegado tarde. Eu estou sempre atrasada” está mandando um comando para o seu cérebro.

“Como assim, Renally?”

A gente costuma acreditar que isso é uma constatação, mas se você está sempre se desculpando, acaba nutrindo um sentimento de culpa. E não importa o tamanho da sua culpa, você automaticamente começa um processo de autopunição. 😥

Afinal, “todo culpado merece ser punido”. Essa é uma crença que todo mundo tem.

Então, ao invés de dizer “Desculpa pelo atraso. Eu estou sempre atrasada”, diga “Obrigada por ter me esperado, obrigada pela sua compreensão.” E pode repetir mentalmente “Eu já estou me tornando uma pessoa mais pontual.”

Essa inversões são TÃO poderosas que um dos primeiros tópicos ensinados no DNA Básico, curso inicial do Thetahealing, é justamente o uso de palavras e pensamentos para cocriar a realidade que desejamos, invertendo padrões negativos por padrões positivos.

Portanto, orai e vigiai suas palavras, sentimentos, pensamentos e atitudes. Empodere-se daquilo que você está emanando para o universo e assuma a responsabilidade pela sua vida.

Esse é o primeiro passo para cocriar a realidade que você deseja.

Erro #3 na Cocriação da Realidade: Falta de clareza

Muitas pessoas não manifestam o que querem porque simplesmente não sabem o que querem!

Sim, muitas pessoas se sentem perdidas e acabam incorporando padrões sociais de felicidade como seus próprios padrões.

Existe muito pouco autoquestionamento sobre o que realmente preenche suas almas.

E sem essa clareza, sua energia fica dissipada, é difícil ter foco e objetividade e, sem isso, a cocriação de uma realidade plena se torna inviável.

“Se você não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve.”

Portanto, eu recomendo que você pense profundamente sobre isso. Se tiver dificuldade, pense primeiramente no que você deseja sentir.

Que situações, projetos, lugares, relações ou coisas poderiam proporcionar isso a você?

Qual foi a última vez na vida que você acessou essas emoções positivas que deseja acessar novamente? Com quem você estava? O que estava fazendo?

Isso pode te dar pistas maravilhosas, além de fazer você se conectar às boas energias desses momentos. Experimente!

Faça uma lista de manifestações!

Depois disso, coloque no papel – escreva mesmo – tudo o que você quer, com detalhes. Faça uma lista com pelo menos 5 coisas que você quer manifestar na sua vida.

A escrita tem um poder incrível na cocriação. Primeiro pela clareza que proporciona, e segundo porque passamos a focar naquilo que queremos.

E tudo aquilo que você foca se expande na sua vida.

“Mas por que pelo menos 5 coisas?”

Porque quando você tem apenas um objetivo, pode levar a vida inteira para alcançá-lo justamente porque fica obcecado naquilo e essa obsessão pode gerar muita ansiedade.

E o que é a ansiedade? É fruto da preocupação e do medo. Se você entra nessa frequência, automaticamente dificulta muito a manifestação dos seus desejos.

É importante ter metas e desejos, mas também é fundamental ter leveza para conseguir alcançá-los.

Por isso recomendo que você tenha pelo menos 5 objetivos na lista. Assim você coloca o seu cérebro para trabalhar a seu favor em buscar de diferentes desejos.

Conforme você for realizando cada um deles, vai gerando mais força e energia para realizar os demais.

Erro #4 na Cocriação da Realidade: Não fazer a lista no presente

No processo de comando do Thetahealing, devemos escrever nossos desejos no presente, como se eles já estivessem acontecendo.

Isso porque nossa mente não sabe a diferença entre aquilo que imaginamos e aquilo que é real.

Ou seja, ao invés de escrever em sua lista de manifestações “Eu quero uma viagem para Paris”, escreva “Eu estou em Paris aproveitando tudo de melhor que a cidade tem a oferecer.”

Quando você faz isso, sua mente entende que aquilo já faz parte da sua realidade. E como tudo é vibração, começamos a nos alinhar energeticamente com aquilo que queremos.

Além disso, quando você escreve “Eu quero isso, eu quero aquilo” acaba se conectando à escassez, afinal, se você quer algo é porque ainda não tem aquilo, certo?

Por isso, vale repetir: a gratidão é uma energia poderosíssima. Quanto mais você agradece, mais coisas boas acontecem.

Eu acredito fortemente que o maior segredo para o sucesso em todas as áreas da sua vida é justamente a gratidão.

Agradeça não só por aquilo que você tem (o que já é um desafio para a maioria de nós), mas também por aquilo que estar por vir.

Faça isso e veja sua vida se transformar muito rapidamente, de verdade.

Erro #5 na Cocriação da Realidade: Nutrir sentimentos negativos

Nossa mente está sempre em busca de algo para se ocupar. Essa é a função dela.

Tendo consciência disso, a sua função é, portanto, alimentá-la de coisas positivas e evitar futilidades.

Se você gosta de se ocupar com notícias de tragédia, escândalos políticos, fofocas, intrigas e afins, muito provavelmente está vibrando numa frequência baixa e dificilmente vai cocriar uma realidade satisfatória. Pelo contrário!

Portanto, cerque-se de positividade: desde os livros que você lê até os grupos que você partida no WhatsApp. Escolha com sabedoria no que você vai focar sua atenção e com quem vai compartilhar energia.

Conecte-se a coisas, pessoas, lugares e situações positivas!

Cuidado com os 3 R’s: Ressentimento, Rejeição e Remorso

Essas três emoções são as que mais bloqueiam as manifestações que a gente quer porque eles ocupam muito espaço no nosso campo energético.

Sim, gastamos muito energia para alimentar essas emoções, ainda que elas estejam no nível inconsciente.

Como saber se você está nutrindo essas emoções?

Se tem algo do seu passado que ainda gera desconforto quando você se lembra, então essa emoção negativa ainda está em você. Ficar presente para isso é o primeiro passo.

No Thetahealing existem comandos e ferramentas específicas para liberar e substituir essas emoções, mas caso você ainda não tenha feito os cursos, procure maneiras de extravasar – ao invés de sufocar – suas emoções.

Além disso, sempre que estiver triste, com raiva, deprimido, evite nutrir esses sentimentos com mais negatividade.

Por exemplo: não vá ver o perfil do seu ex ou de alguém que você não gosta, mas procure elevar sua vibração. Coloque uma música alegre, dance, fale com um amigo sobre planos para o futuro, vá fazer um exercício ou uma atividade que te dê prazer.

Isso não significa negar suas emoções, mas sim assumir o papel de responsável pelo que você sente e então retomar o controle da sua vida.

O que está impedindo você de realizar seus desejos?

Se você já é Thetahealer, recomendo que investigue possíveis crenças por trás de algo que ainda não se manifestou na sua vida

Pegue sua lista e se pergunte “O que está me impedindo de realizar isso?”. Se a resposta for “falta de dinheiro” ou “falta de tempo”, imagine que você tenha o dinheiro ou o tempo necessários para realizar seu desejo.

O que ainda te impediria de realizá-lo?

Podemos descobrir uma série de crenças apenas com essa pergunta e, partir disso, testá-las e substitui-las por crenças fortalecedoras.

Nossos desejos dizem muito sobre nós e isso é ótimo!

Aproveite sua lista para se conhecer melhor e mergulhar em si mesmo. Isso vai, inclusive, ajudar você a diferenciar necessidades genuínas da sua alma dos desejos do ego.

E caso sinta no seu coração que o Thetahealing pode ajudar você a manifestar uma nova realidade e expandir sua consciência, conheça nossos cursos. As portas estão abertas para você.

Compartilhe esse texto com seus amigos e deixe um comentário logo abaixo dizendo o que achou. Vou adorar saber.

Gratidão,

Renally Leal.

 

DNA Básico é o curso de iniciação ao Thetahealing. Ao fazer essa formação introdutória, que tem duração de 3 dias, você já está apto para aplicar a técnica em você mesmo e em outras pessoas, inclusive de forma terapêutica, sendo remunerado por isso.

Porém, você não precisa ser terapeuta para fazer este curso.

Qualquer pessoa, de qualquer área, em qualquer estágio da vida está apta para realizar o curso DNA Básico, que sempre acontece presencialmente. (diferente dos atendimentos, que podem ser presenciais ou online)

Se você está sentindo que chegou a hora de se aprofundar no Thetahealing, mas quer saber o que esperar do curso, leia este texto e saiba:

Por que o curso se chama DNA Básico?

Muitas pessoas se fazem essa pergunta e, em primeiro lugar, você precisa saber o que é DNA: DNA é a codificação genética de tudo que você é.

Acontece que os cientistas descobriram que alguns filamentos do nosso DNA estão inativos, como se não tivessem nenhuma função. Inclusive, essas estruturas foram registradas como “DNA Lixo”.

Mas se você acredita numa inteligência superior, deve imaginar que nada foi criado à toa, especialmente no nosso corpo.

A Vianna Stibal, que canalizou o Thetahealing, teve acesso à informação de que esses filamentos inativos já estiverem ativos em outros momentos da história da humanidade.

Civilizações como os antigos egípcios, astecas, maias, incas, entre outras, que possuíam uma consciência mais elevada, tiveram acesso à inteligência e potencial produzidos por esses filamentos.

Mas por alguns motivos – provavelmente a falta de responsabilidade ao lidar com essas aptidões, que nem sempre foram usadas para o bem maior – esses filamentos foram sendo desativados no corpo humano.

A boa notícia é que, com o Thetahealing, é possível ativar novamente esses filamentos e colher todos os benefícios desse processo (incluindo a ativação do gene da juventude 👀).

E é justamente por causa de toda essa alteração genética que o curso inicial se chama DNA Básico. 😀

Por que precisamos ativar nosso DNA para viver bem na Terra?

Sabe quando seu computador avisa que precisa atualizar o software? Você pode até adiar essa atualização por algum tempo, mas aos poucos os recursos da máquina vão ficando comprometidos.

Os programas já não rodam direito, os aplicativos ficam ultrapassados, o computador trava… Até chegar o momento em que não é mais possível usar o computador sem essa atualização.

Ativar o seu DNA é um processo muito parecido. É como se você atualizasse seu corpo energético e o seu corpo físico, dando a eles condições de viver na Terra, que mudou drasticamente nos últimos anos.

Sim, há milhares de anos o homem vem impactando a Terra, mas nas últimas décadas essas mudanças aconteceram de forma muito mais intensa e acelerada, refletindo em mais poluição e agentes químicos que nosso corpo não processa bem, o que tem gerado, além de danos ao ambiente, muitas doenças e sintomas desagradáveis.

Acontece que a saúde é o nosso estado natural. O corpo tem uma inteligência inata e ele sempre vai encontrar mecanismos para propiciar esse estado natural.

Ao ativar os filamentos que estão inativos em seu DNA, seu corpo será energizado através das pontes de hidrogênio.

Isso vai fortalecer seu corpo físico, dando a ele as condições para lidar com os elementos tóxicos a que somos expostos.

Porém, os benefícios da ativação não terminam por aqui. Na verdade, essa é a parte mais superficial do processo.

A seguir, você vai entender como e por que a ativação do DNA desperta seu Mestre Interior, criando as condições perfeitas para você potencializar suas capacidades e viver uma vida com propósito.

O que significa despertar o Mestre Interior (e por que isso é uma dádiva para você)?

Estamos vivendo uma nova era e o planeta Terra está passando por um processo de limpeza. Isso abrange tanto o nosso interior como o exterior, afinal, um é reflexo do outro.

Essa limpeza tem gerado muito caos e isso é natural em momentos de transição. É só lembrar o que acontece quando você arruma seu guarda-roupa: primeiro você coloca toda a roupa para fora, para visualizá-la melhor.

Em seguida, em meio à bagunça, começa a separar o que vai voltar para o armário, o que vai para o lixo, o que precisa de conserto e assim por diante.

Ou seja, só depois de encarar a desordem e a confusão é que temos a paz.

Agora imagina esse mesmo processo em uma escala global! Todos os nossos padrões de comportamentos, crenças, bloqueios, traumas, sentimentos, emoções mal resolvidas… Tudo está vindo à tona para ser transmutado de maneira individual e coletiva.

Nesse período em que a Terra está se tornando um planeta de regeneração, é possível observar dois movimentos:

  1. Muitas tragédias, escândalos políticos e catástrofes naturais
  2. Muita prosperidade, cooperação e despertar espiritual

E aquilo em que você focar, é o que vai crescer na sua vida.

Por isso é fundamental que tenhamos ferramentas para fortalecer o nosso ser, assim estaremos aptos não só para evoluir, mas para ajudar o planeta a evoluir também.

Ao fazer a ativação do DNA, além do fortalecimento do corpo físico, ocorrem dois processos que potencializam a expansão da nossa consciência.

O primeiro é que você fica mais sensível à voz da sua intuição, consegue elevar a sua vibração com mais facilidade e se torna mais apto a absorver, processar e usar com sabedoria as informações as quais é exposto(a).

O segundo é a potencialização dos seus dons, virtudes e talentos. Isso acontece porque no seu DNA está codificado tudo que você é, porém, muitas características acabam não sendo manifestadas por falta de condições favoráveis às mesmas.

Acionando os filamentos que estavam inativos, você acessa todo seu potencial. Naturalmente você sente vontade de compartilhar isso com o mundo, o que favorece o cumprimento do seu propósito aqui na Terra. Não é lindo isso? 😍

Fato é que, de um jeito ou de outro, todos os seres humanos estão sendo chamados para contribuir com essa nova fase do planeta.

Sempre podemos escolher contribuir pelo caminho do amor.

Porém, se antes eram necessários mestres e guias espirituais para isso, agora não mais.

No curso DNA Básico do Thetahealing, você aprende a acessar a onda cerebral Theta, conectando-se com a Fonte Criadora sem intermediários.

Por tudo isso, dizemos que o DNA Básico desencadeia o despertar do seu Mestre Interior. 🙂

O que você vai aprender no curso DNA Básico?

O Thetahealing está crescendo de forma acelerada e, inclusive, já é usado por médicos em várias partes do mundo, incluindo hospitais nos Estados Unidos e Japão, além de ser aplicado pelo SUS da Bahia e de Pernambuco.

Veja a seguir o que você aprende no curso DNA Básico:

#1. Como usar palavras e pensamentos para co-criar a realidade que deseja, invertendo padrões negativos por padrões positivos.

Um exemplo de como isso acontece na prática: ao invés de falar “Eu quero aprender Thetahealing, mas acho muito difícil” você pode dizer “Se tantas pessoas já aprenderam Thetahealing, eu também posso aprender.”

A palavra “mas” cancela tudo que foi dito anteriormente. Precisamos estar atentos ao que dizemos, pois quando uma declaração é feita diversas vezes, torna-se uma realidade.

#2. Quais são as cinco frequências de ondas cerebrais e como entrar (e sair) na frequência Theta com uma meditação rápida e simples.

Theta é o estado mental em que você conscientemente pode (re)criar a sua realidade a partir de visualizações muito vívidas, criatividade elevada e profunda conexão com o todo.

É o único estado em que você acessa, simultaneamente, seu consciente e seu inconsciente. O Thetahealing gera mudanças tão rápidas justamente por isso, já que nosso inconsciente é responsável por 95% da nossa mente. A maioria das técnicas de cura trabalha apenas a nível consciente.

#3. O que são crenças limitantes, como identificá-las e transformá-las instantaneamente em crenças fortalecedoras.

Através de um teste muscular (que pode ser feito de várias formas), você aprende a identificar crenças nos níveis primário, genético, histórico e de alma.

A partir disso, você pode transformar a crença, de acordo com a orientação da Fonte de Criadora.

Essa crenças podem estar gerando problemas em relação ao dinheiro, relacionamentos, carreira, saúde, entre outros.

Você poderá testemunhar as mudanças assim que finalizar o trabalho de mudança de crença, além de poder testá-las novamente refazendo o teste muscular.

#4. Expansão dos sentidos Intuitivos e Chakras, liberando e ativando sua energia da “kundalini”.

No curso, você aprende a expandir a consciência e os centros de energia (chakras), desenvolvendo a empatia, clarividência, clariaudiência e o sentido profético.

#5. Como descobrir a crença-raiz que está causando um problema e instalar sentimentos em seu sistema.

No DNA Básico, você aprende a fazer o “Digging” do medo. É um trabalho de escavação de crenças para encontrar a crença raiz, aquela que sustenta todas as demais crenças que você tem em relação ao dinheiro, aos relacionamentos, à família, a você mesmo e etc.

Quando você descobre e muda essa crença, todas as demais também são removidas do seu sistema.

Além disso, você aprende a instalar sentimentos em seu sistema. Por exemplo: se você possui a crença “Eu sou desvalorizada”, muitas vezes não basta substitui-la por “Eu sou valorizada”.

Caso você nunca tenha se sentido valorizada, é preciso instalar esses sentimentos em você para que a nova crença seja vivenciada.

#6. Leituras intuitivas e escaneamento corporal para desbloqueios energéticos e cura de doenças.

Ao se conectar com a Fonte Criadora, é possível fazer uma leitura do próprio corpo, bem como de corpo de outra pessoa (sempre com o consentimento dela).

Nesse exercício, você pode verificar bloqueios energéticos e doenças, além crenças limitantes, sentimentos e traumas, para posteriormente curar o que for necessário.

Vale dizer que, a partir da conexão com a Fonte Criadora, toda orientação da sessão, a indicação de crenças a serem liberadas e todos os downloads, bem como demais recursos que podem vir a ser utilizados… Tudo será determinado por essa Fonte.

O praticante de ThetaHealing é tão somente um canal para que essa energia elevada faça a cura.

#7. Como atrair sua alma gêmea mais compatível ou melhorar seu atual relacionamento.

Você aprende a diferença entre alma gêmea e chama gêmea, além de ter acesso a um passo a passo para manifestar sua alma gêmea mais compatível ou potencializar as características positivas do(a) seu/sua atual companheiro(a).

Inclusive, você aprende a ativar o gene da monogamia em seu/sua parceiro(a), caso essa seja uma característica importante para você.

Para quem está a procura de um amor, depois de fazer a lista adequada de atributos da sua alma gêmea, você aprende a fazer o comando para atrai-la da maneira mais elevada e melhor.

Além disso, você aprende a recuperar seus fragmentos de alma que podem estar com outra pessoa, além de devolver fragmentos de alma de outras pessoas que estejam em você. Apenas esse exercício já pode trazer muito alívio para o seu coração.

#8. Como manifestar qualquer coisa em sua vida respeitando o livre arbítrio.

Assim como a alma gêmea mais compatível, você pode atrair qualquer coisa para sua vida, desde que isso não interfira no livre arbítrio de outra pessoa.

No curso DNA Básico, você é orientado a fazer isso da maneira correta, além de aprender a identificar e liberar bloqueios que impedem a materialização de uma situação, objetivo, viagem, relacionamento e etc.

#9. Ver o seu futuro possível e como mudá-lo usando a onda Theta para reprogramação

Você aprende a visualizar o futuro (seu e de outras pessoas, sempre com a autorização delas), porém, com muita responsabilidade, já que esta é uma ferramenta muito poderosa.

Existem muitos futuros possíveis e, a cada crença removida e substituída, uma nova possibilidade de futuro se apresenta. Nada é definitivo.

#10. Acesso ao anjo da guarda a partir do conhecimento dos Sete Planos da Existência.

Essas é uma das partes mais lindas do curso, em que você aprende a ver e falar com o anjo da guarda, tanto o seu quanto de outras pessoas.

Você pode fazer perguntas a ele e se conectar a essa energia amorosa de maneira muito profunda. Depois desse exercício, até a pessoa mais cética se rende ao Thetahealing. 😇

#11. Limpeza Energética Completa

Você aprende o que são espíritos errantes, ataques e ganchos psíquicos e espíritos caídos e, claro, aprende a limpar tudo isso, além de encaminhá-los para a luz. (mas fique tranquilo(a), você não vê absolutamente nada que não esteja preparado para ver!)

Ter acesso a esse tipo de recurso é fundamental para preservar nossa energia, em especial numa era em que muitos de nós se expõe nas redes sociais (muitas vezes, por necessidade mesmo).

Essa limpeza pode ser feita todos os dias e traz muito alívio para quem a recebe.

#12. Ativação do DNA e Substituição de Genes

Como era de se esperar, essa é uma das partes mais aguardadas do curso. Não só pela ativação dos genes da juventude e vitalidade, mas por tudo que pode acontecer depois desse processo, afinal, estamos despertando nosso mestre interior. 🙂

Após esse procedimento, muitas pessoas podem sentir toxinas sendo liberadas do seu sistema em todos os níveis: espiritual, mental, emocional e físico.

Além disso, após a ativação, suas palavras e pensamentos tornam-se sensivelmente mais poderosos. Com isso, seu poder de manifestação aumenta e é ainda mais necessário evitar pensamentos negativos. Foque na direção certa: no amor, na abundância, na justiça e na paz.

Para quem é indicado o curso DNA Básico

O Thetahealing não tem nenhuma afiliação religiosa. Não se trata de uma seita ou religião.

👉🏻 Porém, uma condição fundamental para fazer o DNA Básico e usar a técnica é ter uma crença central do Criador de Tudo que É, que você pode chamar como preferir: Universo, Deus, Energia, Fonte Criadora, Mente Cósmica (o vazio quântico das infinitas possibilidades, de acordo com a Fí­sica Quântica) e etc.

Portanto, se você tem essa crença central, busca mudar sua realidade e curar ressentimentos, medos, vícios, compulsões, traumas, bloqueios, relacionamentos, finanças, obesidade, dores, doenças ou qualquer questão de ordem física, emocional e/ou mental, o curso DNA Básico é para você. 🙂

Para quem não é indicado o curso DNA Básico

⚠️ A única restrição para este e demais cursos oficiais do Thetahealing são os 3 primeiros meses de gestação.

Embora não exista evidência de que fazer o curso neste período seja prejudicial à mãe ou ao bebê, é preferível aguardar até o quarto mês, já que esse é um período considerado de risco.

O que você recebe ao fazer o curso DNA Básico

Além de aprender a aplicar o Thetahealing® em você e em outras pessoas, ao fazer o curso DNA Básico, você recebe:

Livro Oficial do ThetaHealing®

Apostila Oficial do Treinamento

Certificado Internacional Oficial, emitido pelo THiNK – Válido em 40 países

Registro no Site Oficial www.thetahealing.com

 

 

 

 

 

 

 

 

Podemos dizer que 70/80% do curso é prático e 20/30% teórico, por isso mesmo você recebe os materiais didáticos para posteriormente se aprofundar nos estudos da técnica.

Benefícios Exclusivos do Instituto da Cura

Cadastro como ThetaHealer do Instituto da Cura (disponível em nosso site)

Coffee Break Especial 😋

Grupo Exclusivo no Facebook

Participação garantida em nossos Atendimentos Solidários: para praticar e ser remunerado pelas sessões.

Garantia Especial: Resultados ou seu investimento de volta!

Essa é a forma que temos para te motivar a participar.

Se ao final dos 3 dias de treinamento você achar que não valeu a pena seu investimento…

Basta me enviar UM ÚNICO e-mail que vou devolver o valor completo do treinamento para você.

Somos o único instituto que oferece essa garantia para você. 🙂

 

O que estão dizendo sobre o curso DNA Básico conduzido pelo Instituto da Cura

Veja o que nossos alunos têm para falar sobre o curso DNA Básico:

 

 

 

 

Precisa de algum esclarecimento?

Envie um e-mail para [email protected]

Entre em contato pelo
WhatsApp (83) 9655-7486

Clique em “Contato” e mande sua mensagem

 

 

 

 

 

 

 

O curso DNA Básico é um grande portal que se abre: para o Thetahealing, para seus talentos, dons e virtudes que estavam adormecidos, para o seu Mestre Interior.

Você será capaz de compreender como acessar a onda cerebral Theta, se conectando à pura Energia da Criação, o que vai lhe permitir usar seus sentidos intuitivos para realizar curas e reprogramar crenças, possibilitando a co-criação de uma realidade cada vez mais elevada. Você será totalmente habilitado(a) para aplicar ThetaHealing® em você ou em outras pessoas.

Você está pronto? 🤗

Caso tenha ficado com alguma dúvida, por favor, use o espaço abaixo. Ele é todo seu! Espero que tenha gostado do texto e que ele tenha ajudado você nessa decisão tão importante.

Gratidão,

Renally Leal.