O significado de chakra é bem amplo; de acordo com a cultura hindu e yogue são centros que absorvem e exteriorizam energia.

Pode parecer abstrato, mas imagine que eles são como grandes rodas de luz que circulam a energia dentro do nosso corpo.

Ao todo contamos sete chakras principais e cada um representa um elemento como água, fogo, ar, terra e raio. ⠀

O equilíbrio dos chakras pode manifestar qualidades diversas em nosso ser, como criatividade, vivacidade, confiança, humildade, amor e compaixão (entre muitas outras, claro).

Para acompanhar a leitura, convido você a colocar uma música relaxante ou meditativa, como essa disponível em nosso canal do Youtube.

Procure uma posição confortável e prepare-se para compreender cada um dos chakras e saber o que fazer para mantê-los em equilíbrio e harmonia.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal

Ao todo são sete chakras principais.

1. Chakra Básico (Muladhara): Sobrevivência

O chakra básico, como o próprio nome indica, é a energia vital que está na base da coluna e oferece suporte fortalecendo nossos instintos e nossa conexão de enraizamento com a terra.

O medo é um sentimento forte e que pode bloquear o chakra básico. Por outro lado, sentimentos de amparo fortalecem essa energia.

O excesso causa:

  • Sentimentos de ganância;
  • Teimosia;
  • Peso (tanto físicos quanto emocionais).

A falta causa:

  • Instabilidade;
  • Desconexão das necessidades físicas.

Como equilibrar o chakra básico?

A meditação é uma ferramenta poderosa para trazer o senso de ancoragem e o ponto ideal entre o entusiasmo e a inércia.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 2

A meditação traz o senso de ancoragem que falta para o equilíbrio.

2. Chakra Sacro (Swadisthana): energia sexual, autoestima e criatividade

O segundo chakra está muito ligado com o prazer e com a criatividade. É uma energia capaz de nos conectar com as coisas belas que se apresentam ao redor de nós.

Representado muitas vezes por uma cor laranja vibrante, o conhecimento obtido através desse chakra pode ser uma percepção direta e aguçada da realidade.

O excesso causa:

  • Hiper-sexualidade;
  • Poucas forças para agir diante de tentações;
  • Autodesvalorização;
  • Sentimento de que a vida pode estar sem graça de viver.

A falta causa:

  • Incapacidade de sentir prazer.

Como equilibrar o chakra sacro?

Manter uma vida sexual saudável, respeitar o próprio corpo e seus limites são caminhos para encontrar o equilíbrio.

Caso ocorram pensamentos acelerados e em excesso, tente desenvolver hobbies, como dança, pintura, escrita e fotografia, por exemplo.

Tais atividades nos trazem presença e nos ajudam a apreciar e celebrar as pequenas conquistas da vida.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 3

O chakra sacro rege a energia sexual, autoestima e criatividade.

3. Chakra Plexo Solar (Nabhi): ego e digestão

Do amarelo do sol surge o terceiro chakra para nos trazer sustentação, contentamento e paz.

A energia vibrante desse chakra se manifesta como uma potente força de vontade.

Porém, caso esteja em desequilíbrio é comum que se vivencie excessos na alimentação (seja por comer muito ou privar o organismo).

O excesso causa:

  • Sentimentos de cabeça quente;
  • Arrogância.

A falta causa:

  • Muita timidez, vergonha.

Como equilibrar o chakra plexo solar?

A prática da Yoga, principalmente com poses de guerreiro e concentração na digestão saudável ajudam a equilibrar o chakra.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 4

Energia solar que se manifesta em força de vontade.

4. Chakra Cardíaco (Anahata): o amor e o perdão

A libertação do ego nos aproxima do nosso verdadeiro “eu” e da nossa natureza, que se manifesta de forma completa através da energia do coração.

O quarto chakra nos direciona para comportamentos responsáveis e puros em relação ao outro.

Se em desequilíbrio, pode gerar muitas dúvidas, medo e incertezas.

O excesso causa:

  • Muita preocupação com os outros;
  • Vulnerabilidade;
  • Dependência emocional.

A falta causa:

  • Escassez de emoção ou compaixão.

Como equilibrar o chakra cardíaco?

Livrar-se de mágoas para fazer a energia bloqueada fluir é essencial, acredite. Uma maneira de fazer isso é através da prática do perdão.

Se quiser saber mais a respeito desse assunto, leia sobre as 3 Emoções Bloqueadoras da Prosperidade.

Além disso, através da prática de posturas de yoga de abertura do coração você poderá equilibrar o seu chakra cardíaco.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 5

Pratique o perdão e a gratidão para fazer boas energias fluírem.

5. Chakra Laríngeo (Vishuddhi): comunicação, autoexpressão, verdade

O quinto chakra tem o poder de remover nossas culpas e remorsos. É o chakra da boa comunicação e da expressão do verdadeiro “eu”.

Essa energia se manifesta de forma mais ativa na região do pescoço/garganta e é representada por uma cor azul celeste, relacionada com a pureza.

É um chakra que se fortalece na medida em que se aproxima da verdade e fica bloqueado com mentiras.

O excesso causa:

  • Fala compulsiva;
  • Incapacidade de ficar em silêncio.

A falta causa:

  • Incapacidade de comunicar ou expressar-se eficazmente.

Como equilibrar o chakra laríngeo?

Para harmonizar este centro, pratique a escuta ativa e utilize afirmações para estabelecer e definir o que você quer dizer ao se expressar.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 6

Reserve alguns minutos para ouvir o que seu corpo e seus pensamentos estão te dizendo.

6. Chakra Frontal (Agnya): o terceiro olho

Pelo olhar da psicologia, o ego pode ser entendido como o núcleo da personalidade de um indivíduo em termos mais conscientes.

Ele é importante pois fornece nossas percepções, julgamentos e interpretações da realidade.

Porém, uma vida pautada somente pelo ego pode nos distanciar do autoconhecimento profundo, que pode ser acessado em níveis mais densos, como o inconsciente.

Eis que surge Agnya e a plena consciência. Se bem equilibrado, o sexto chakra é capaz de dissolver o ego, potencializar a intuição e conduzir o fluxo energético até o último chakra.

O excesso causa:

  • Percepções distorcidas;
  • Dificuldade de raciocínio;
  • Visão limitada;

A falta causa:

  • Incapacidade de ver as coisas de uma nova maneira.

Como equilibrar o chakra frontal?

O chakra do terceiro olho (ou frontal) pode ser equilibrado com práticas de meditação e respiração. Se possível, ao ar livre enquanto você contempla o céu.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 7

Durante a meditação, experimente expressar o perdão através de afirmações.

7. Chakra Coronário (Sahastrada): conexão espiritual

O ápice da evolução da nossa consciência é o sétimo e último chakra.

O chakra coronário representa a percepção absoluta e todo o fluxo energético dos chakras anteriores caminha para essa elevação.

Trata-se da união das vibrações individuais com a consciência universal em um estado de plenitude. É o nosso chakra de conexão com o Criador de Tudo o Que É.

O excesso causa:

  • Sentimento de desconexão do mundo material;
  • Isolamento.

A falta causa:

  • Dificuldade com a fé ou espiritualidade.

Como equilibrar o chakra coronário?

As posturas invertidas na yoga direcionam a atenção energética para o topo da cabeça, contribuindo para o equilíbrio desse chakra.

O silêncio também é um bom aliado para se alcançar a harmonia desejada. Em junção com as demais práticas meditativas, você poderá experimentar os benefícios dessa energia tão positiva.

Como Equilibrar os 7 Chakras - Instituto da Cura - Renally Leal 8

O equilíbrio está no presente.

Se ao longo do texto você observou que possui crenças limitantes, emoções e padrões bloqueadores que podem dificultar o seu processo de equilíbrio, não se preocupe.

O importante é que você está aqui e já iniciou o seu processo em busca da plenitude e do autoconhecimento, para uma vida mais feliz e com propósito.

Conte comigo para andar com você nessa jornada que pode ser um tanto difícil, mas sem dúvidas incrível 🙂

Ah! Vale dizer que um dos ensinamentos do DNA Básico, o curso inicial do Thetahealing, é justamente a expansão da consciência e dos centros de energia (chakras ☺️). Você aprende, entre outras muitas coisas, a desenvolver a empatia, clarividência, clariaudiência e o sentido profético.

Veja todos os detalhes desse curso clicando aqui e entenda por que ele recebe o nome de “Despertar do Mestre Interior”.

E afinal, você sabia que a energia que flui pelo nosso corpo tinha tanto poder assim?

Conseguiu identificar quais chakras precisam ser equilibrados para que sua vida seja mais plena e feliz?

Conta pra mim nos comentários, eu vou adorar saber como o texto impactou a sua vida!

E se você acha que esse conteúdo pode ajudar outras pessoas, compartilhe com seus amigos.

Vamos espalhar a cura!

Gratidão,

Renally Leal

A Cocriação é um fato. A todo momento, são as nossas palavras, pensamentos, sentimentos e ações que produzem a nossa realidade.

Em um primeiro momento, pode ser perturbador saber disso, afinal, a maioria de nós está insatisfeito com pelo menos uma área da vida.

E aí você se pergunta “Como é que eu ia me colocar nessa situação tão difícil?”, seja financeira, afetiva, física ou emocionalmente.

Mas se você parar pra refletir, a cocriação é uma dádiva: se nós somos os responsáveis por manifestar a nossa realidade, então podemos escolher ter uma vida incrível e cheia de benções.

E como fazer isso? Por que até agora você não conseguiu um relacionamento saudável, independência financeira, uma saúde perfeita, o corpo que sempre quis ou a viagem dos seus sonhos? 🤔

Sim, todos nós temos uma lista de desejos, mas nem sempre conseguimos realizá-los. Alguns, inclusive, parecem um sonho distante.

Mas, a seguir, você vai ver descobrir quais são os erros que te impedem de cocriar a realidade linda que você tanto deseja e merece. E, claro, também vai ver como começar a manifestar seus desejos, independentemente do tamanho deles.

Vamos lá?

Erro #1 na Cocriação da Realidade: Comportamentos Incoerentes

“Orai e Vigiai”… Essa é uma frase famosa da Bíblia, mas muito pertinente até para ateus.

Na prática, significa que além de desejar algo, você deve estar atento aos seus pensamentos e comportamentos.

Será que eles estão coerentes com aquilo que você deseja manifestar na sua vida?

Vamos supor que você queira atrair prosperidade e abundância, mas, ao mesmo tempo, tem o padrão de reclamar muito.

Toda vez que você reclama está se conectando àquilo que gerou a reclamação. A própria palavra “reclamar” significa “clamar duas vezes”.

E assim você acaba atraindo mais escassez, injustiça, sofrimento, raiva, além de todos os outros sentimentos relacionados a sua reclamação.

Ou seja, embora você deseje ter prosperidade, está se conectando ao oposto disso. Como a prosperidade poderá se manifestar na sua vida?

E olha, não estou falando de reclamar de uma coisinha ou outra de vez em quando. Nós somos humanos e, mesmo tendo acesso a esse conhecimento, estamos suscetíveis a lamentar ou reclamar às vezes.

Eu me refiro a pessoas que são viciadas em reclamar, pois infelizmente podemos viciar nossa mente em conflito, tristeza, reclamação e, apenas tomando consciência desses padrões, podemos nos direcionar para a cura.

Uma dica? Trabalhe seu olhar para enxergar os aprendizados que cada situação, especialmente as mais desafiadoras. Pode ser que as primeiras tentativas não sejam fáceis, mas, com a prática, agradecer se torna seu novo padrão.

E a gratidão é uma das frequências mais elevadas que você pode vibrar, gerando cada vez mais motivos para agradecer.

Erro #2 na Cocriação da Realidade: Subestimar o poder das palavras na Cocriação

Uma outra maneira bastante comum de boicotar as nossas manifestações é através das nossas palavras.

Toda vez que você diz, por exemplo, “Desculpa por ter chegado tarde. Eu estou sempre atrasada” está mandando um comando para o seu cérebro.

“Como assim, Renally?”

A gente costuma acreditar que isso é uma constatação, mas se você está sempre se desculpando, acaba nutrindo um sentimento de culpa. E não importa o tamanho da sua culpa, você automaticamente começa um processo de autopunição. 😥

Afinal, “todo culpado merece ser punido”. Essa é uma crença que todo mundo tem.

Então, ao invés de dizer “Desculpa pelo atraso. Eu estou sempre atrasada”, diga “Obrigada por ter me esperado, obrigada pela sua compreensão.” E pode repetir mentalmente “Eu já estou me tornando uma pessoa mais pontual.”

Essa inversões são TÃO poderosas que um dos primeiros tópicos ensinados no DNA Básico, curso inicial do Thetahealing, é justamente o uso de palavras e pensamentos para cocriar a realidade que desejamos, invertendo padrões negativos por padrões positivos.

Portanto, orai e vigiai suas palavras, sentimentos, pensamentos e atitudes. Empodere-se daquilo que você está emanando para o universo e assuma a responsabilidade pela sua vida.

Esse é o primeiro passo para cocriar a realidade que você deseja.

Erro #3 na Cocriação da Realidade: Falta de clareza

Muitas pessoas não manifestam o que querem porque simplesmente não sabem o que querem!

Sim, muitas pessoas se sentem perdidas e acabam incorporando padrões sociais de felicidade como seus próprios padrões.

Existe muito pouco autoquestionamento sobre o que realmente preenche suas almas.

E sem essa clareza, sua energia fica dissipada, é difícil ter foco e objetividade e, sem isso, a cocriação de uma realidade plena se torna inviável.

“Se você não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve.”

Portanto, eu recomendo que você pense profundamente sobre isso. Se tiver dificuldade, pense primeiramente no que você deseja sentir.

Que situações, projetos, lugares, relações ou coisas poderiam proporcionar isso a você?

Qual foi a última vez na vida que você acessou essas emoções positivas que deseja acessar novamente? Com quem você estava? O que estava fazendo?

Isso pode te dar pistas maravilhosas, além de fazer você se conectar às boas energias desses momentos. Experimente!

Faça uma lista de manifestações!

Depois disso, coloque no papel – escreva mesmo – tudo o que você quer, com detalhes. Faça uma lista com pelo menos 5 coisas que você quer manifestar na sua vida.

A escrita tem um poder incrível na cocriação. Primeiro pela clareza que proporciona, e segundo porque passamos a focar naquilo que queremos.

E tudo aquilo que você foca se expande na sua vida.

“Mas por que pelo menos 5 coisas?”

Porque quando você tem apenas um objetivo, pode levar a vida inteira para alcançá-lo justamente porque fica obcecado naquilo e essa obsessão pode gerar muita ansiedade.

E o que é a ansiedade? É fruto da preocupação e do medo. Se você entra nessa frequência, automaticamente dificulta muito a manifestação dos seus desejos.

É importante ter metas e desejos, mas também é fundamental ter leveza para conseguir alcançá-los.

Por isso recomendo que você tenha pelo menos 5 objetivos na lista. Assim você coloca o seu cérebro para trabalhar a seu favor em buscar de diferentes desejos.

Conforme você for realizando cada um deles, vai gerando mais força e energia para realizar os demais.

Erro #4 na Cocriação da Realidade: Não fazer a lista no presente

No processo de comando do Thetahealing, devemos escrever nossos desejos no presente, como se eles já estivessem acontecendo.

Isso porque nossa mente não sabe a diferença entre aquilo que imaginamos e aquilo que é real.

Ou seja, ao invés de escrever em sua lista de manifestações “Eu quero uma viagem para Paris”, escreva “Eu estou em Paris aproveitando tudo de melhor que a cidade tem a oferecer.”

Quando você faz isso, sua mente entende que aquilo já faz parte da sua realidade. E como tudo é vibração, começamos a nos alinhar energeticamente com aquilo que queremos.

Além disso, quando você escreve “Eu quero isso, eu quero aquilo” acaba se conectando à escassez, afinal, se você quer algo é porque ainda não tem aquilo, certo?

Por isso, vale repetir: a gratidão é uma energia poderosíssima. Quanto mais você agradece, mais coisas boas acontecem.

Eu acredito fortemente que o maior segredo para o sucesso em todas as áreas da sua vida é justamente a gratidão.

Agradeça não só por aquilo que você tem (o que já é um desafio para a maioria de nós), mas também por aquilo que estar por vir.

Faça isso e veja sua vida se transformar muito rapidamente, de verdade.

Erro #5 na Cocriação da Realidade: Nutrir sentimentos negativos

Nossa mente está sempre em busca de algo para se ocupar. Essa é a função dela.

Tendo consciência disso, a sua função é, portanto, alimentá-la de coisas positivas e evitar futilidades.

Se você gosta de se ocupar com notícias de tragédia, escândalos políticos, fofocas, intrigas e afins, muito provavelmente está vibrando numa frequência baixa e dificilmente vai cocriar uma realidade satisfatória. Pelo contrário!

Portanto, cerque-se de positividade: desde os livros que você lê até os grupos que você partida no WhatsApp. Escolha com sabedoria no que você vai focar sua atenção e com quem vai compartilhar energia.

Conecte-se a coisas, pessoas, lugares e situações positivas!

Cuidado com os 3 R’s: Ressentimento, Rejeição e Remorso

Essas três emoções são as que mais bloqueiam as manifestações que a gente quer porque eles ocupam muito espaço no nosso campo energético.

Sim, gastamos muito energia para alimentar essas emoções, ainda que elas estejam no nível inconsciente.

Como saber se você está nutrindo essas emoções?

Se tem algo do seu passado que ainda gera desconforto quando você se lembra, então essa emoção negativa ainda está em você. Ficar presente para isso é o primeiro passo.

No Thetahealing existem comandos e ferramentas específicas para liberar e substituir essas emoções, mas caso você ainda não tenha feito os cursos, procure maneiras de extravasar – ao invés de sufocar – suas emoções.

Além disso, sempre que estiver triste, com raiva, deprimido, evite nutrir esses sentimentos com mais negatividade.

Por exemplo: não vá ver o perfil do seu ex ou de alguém que você não gosta, mas procure elevar sua vibração. Coloque uma música alegre, dance, fale com um amigo sobre planos para o futuro, vá fazer um exercício ou uma atividade que te dê prazer.

Isso não significa negar suas emoções, mas sim assumir o papel de responsável pelo que você sente e então retomar o controle da sua vida.

O que está impedindo você de realizar seus desejos?

Se você já é Thetahealer, recomendo que investigue possíveis crenças por trás de algo que ainda não se manifestou na sua vida

Pegue sua lista e se pergunte “O que está me impedindo de realizar isso?”. Se a resposta for “falta de dinheiro” ou “falta de tempo”, imagine que você tenha o dinheiro ou o tempo necessários para realizar seu desejo.

O que ainda te impediria de realizá-lo?

Podemos descobrir uma série de crenças apenas com essa pergunta e, partir disso, testá-las e substitui-las por crenças fortalecedoras.

Nossos desejos dizem muito sobre nós e isso é ótimo!

Aproveite sua lista para se conhecer melhor e mergulhar em si mesmo. Isso vai, inclusive, ajudar você a diferenciar necessidades genuínas da sua alma dos desejos do ego.

E caso sinta no seu coração que o Thetahealing pode ajudar você a manifestar uma nova realidade e expandir sua consciência, conheça nossos cursos. As portas estão abertas para você.

Compartilhe esse texto com seus amigos e deixe um comentário logo abaixo dizendo o que achou. Vou adorar saber.

Gratidão,

Renally Leal.